Sobre o Projeto Faça Parte

Sobre o Projeto Faça Parte

315
0
Compartilhar

Que problema a escola quis resolver com esse projeto:
   Através do projeto, levamos os nossos alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio à construção da cidadania a fim de que pudessem compreender a realidade, levando-os a participar mais dos projetos sociais e a perceberem que todo são capazes de contribuir para que o mundo se torne melhor.  Através desse projeto, os jovens se tornam mais importantes diante das “diversidades” do mundo atual.

Descrição do Projeto:
Além de todas as atividades desenvolvidas dentro de um único projeto,(gincanas de alimentos não perecíveis, jogos solidários com objetivo de arrecadar alimentos, agasalhos calçados e brinquedos; existe na sala de aula conversas sobre as necessidades da sociedade carente da nossa cidade e o que nós, escola, em parceria com as familias podemos fazer por elas) as que mais se destacaram foram o trabalho feito com as creches mais carentes e com o asilo da nossa cidade. Sabemos que as creches necessitam de ajuda, como brinquedos pedagógicos, o carinho de um presente na páscoa, dia das crianças ou até mesmo para o final de ano, fizemos uma campanha para que cada criança pudesse ganhar um presente de um padrinho voluntário. Já no asilo, procuramos satisfazer os desejos dos idosos, dandos-lhes carinho acompanhado de presentes pedidos por eles e estes sendo entregues pelos alunos. Em uma das gincanas arrecadamos mais de kg de alimentos que foram bem distribuídos entre entidades que vivem de doações. A escola procura ajudar na solução dos “problemas” de desigualdades sociais, de crianças carentes, mostrando a elas que possuem um espaço bastante especial e importante no mundo em que vivem.(todas as atividades do projeto são desenvolvidas durante o ano no momento certo).

Relação entre os saberes escolares e as práticas sociais:
Como já disse anteriormente, procuramos envolver toda a escola, desde Educação Infantil até Ensino Médio, em todas as atividades sociais desenvolvidas. Foram feitas campanhas, gincanas e visitas nas entidades que foram ajudadas no perído de aula ou aos sábados pela manhã. (Os alunos e professor coodenador do projeto) No asilo que é próximo à escola, saímos a pé, todos uniformizados para chamar a atenção e tentar conscientizar a população para a responsabilidade social de todos. Já nas creches que são mais distantes, fomos e vamos de carro até elas ou elas vão até a nossa escola. Existe sempre uma enorme troca de experiência entre família, escola e entidades que são ajudadas. Em sala são abordados temas trabalhados, vários textos sobre o que foi desenvolvido no projeto, com o objetivo de filtrarmos o que é positivo e usando o negativo como degrau para crescimento e amadurecimento na vida escolar em família e na sociedade. É nítido o maior interrese dos alunos pelos estudos, em parceria com a Responsabilidade Social. (Seguem abaixo depoimentos de pais a respeito do projeto) “Achamos muito interessante a iniciativa da Escola através da professora Sãozinha Martins em realizar este projeto social com a participação dos alunos do 8 e 9 ano na linha de frente, envolvendo todos os alunos da escola. Este trabalho proporciona ao aluno acompanhar de perto a realidade social de nossa cidade e de nosso país, contribuindo para formar jovens mais conscientes, cidadãos e profissionais socialmente responsáveis. Parabéns!” “Parabenizo a Escola pela iniciativa do projeto Faça Parte: faça alguém feliz. A participação das crianças e adolescentes em projetos sociais reforça a importância de cada um cumprir o seu papel na sociedade, pois se não houver o envolvimento de todos, o processo de evolução não estará completo. Só assim será possível formar cidadãos éticos, conscientes e socialmente responsáveis. Se unirmos forças conseguiremos desenvolver de forma competente a nossa missão no planeta.”

Resultados:
Desde que o projeto existe em nossa escola, o resultado é surpreendente e fantástico. A partir do momento em que os alunos vivenciam situações opostas às que eles vivem,a postura deles muda automaticamente,pois passam a dar mais valor ao que lhes é oferecido. Os estudos passam a ser prioridade, pois sentem necessidade de brilharem mais. Após cada atividade desenvolvida, os alunos começam a enxergar a realidade com outros olhos,se tornam mais responsáveis e percebem a necessidade de amadurecer. E,se tornando mais maduros, vêem que o estudo deve ser visto como algo primordial na vida deles, pois o mundo precisa de pessoas maduras, responsáveis, solidárias e para isso é necessário muito estudo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.